TRANSLATE

VISUALIZAÇÕES DA PÁGINA

domingo, 22 de junho de 2014

A REALIDADE E OS INTERESSES

O tema A Realidade e os Interesses refere-se a uma conjuntura existencial, tanto atual quanto de outrora, voltada à iluminação e/ou à ignorância/trevas, na qual se apresenta uma perspectiva  de acontecimentos em duas polaridades; de forma que o leitor possa aferir-se quanto sua manifestação e/ou local no qual se encontra, conscientemente ou não. E se quer utilizar, ao em vez de ambas, o caminho do meio...   




sexta-feira, 20 de junho de 2014

AULAS PRAZEROSAS E EDIFICANTES

Todas as aulas, cursos e formações podem ser mais prazerosos e edificantes. A questão está em o como construir ou proporcionar esses momentos. O ensino e escola que se pautam apenas na reprodução de ideias, conteúdos e falácias já não conseguem mais cativar ou lidar com seus alunos, aprendizes ou cursandos. E o segredo a um boa e gostosa educação não está em algum lugar lá fora, na técnica/receita perfeita, entre outras mais, está sim, é dentro de cada um. Só é preciso as ferramentas acertadas para poder identificá-las e utilizá-las.  




AULAS PRAZEROSAS E EDIFICANTES


Todas as aulas, cursos e formações podem ser mais prazerosos e edificantes. A questão está em o como construir ou proporcionar esses momentos. O ensino e escola que se pautam apenas na reprodução de ideias, conteúdos e falácias já não conseguem mais cativar ou lidar com seus alunos, aprendizes ou cursandos. E o segredo a um boa e gostosa educação não está em algum lugar lá fora, na técnica/receita perfeita, entre outras mais, está sim, é dentro de cada um. Só é preciso as ferramentas acertadas para poder identificá-las e utilizá-las.  



sexta-feira, 13 de junho de 2014

DO 1° LIVRO: AS CENTELHAS D'UMA CHAMA



“Aquele que não vê Deus no próximo, não precisa mais procurar.” Mahatma Gandhi




A sociedade global ainda não sabe as quantas andam sua própria humanidade; é quase concreto a maioria populacional nem ter consciência e sequer saber falar um pouquinho sobre o que venha ser isso em si mesma; chamado também de companheirismo, solidariedade, compaixão, ética, paz interior, união e etc.

Já são tantas culturas, conceitos, condutas, doutrinas e leis egocentristas que mal sabem as pessoas, mesmo “afirmando” palavras do Bem, ou dizendo o nome Deus até em grandes rituais, que estão elas a colapsar insanidades, loucuras, demências, infortúnios, guerras e mortes a si mesmas e ao próximo.

Raros os educadores e centros de ensino que promovem o doce mel dos lírios. A maioria amarga com tamanhos fardos: é pragmatismo, conteudismo e práticas falidas; adestramentos, dominações, controles e arbitramentos; violência, indisciplina, intolerância e até mortes em sala de aula. Eis o colapso político-materialista e dogmático-“religioso” individualizado destrutivamente; egos orgulhosos a sucatear mentes e corações.



Coragem, ser de luz!

      

       Se está com preguiça, peça que alguém leia em voz alta a você.
Se não tem tempo, freie a ação e os fatos “o tempo” e leia-o. 
 Se tem medo, caiu, peça que leem, e segure em mais mãos.
Se já sabe e fez tudo, primeiro transforme a si mesmo.
Se quiser acrescentar algo ou não, então, pratique.
 Se praticar ou não praticar, que seja ao bem.

https://clubedeautores.com.br/book/157092--As_Centelhas_dUma_Chama?topic=cienciasaplicadas#.U5vG45RdVPE


sábado, 7 de junho de 2014

EU SOU TUDO: CONSCIÊNCIA UM - BAGHAVAD GITA


Eu sou pura Consciência
A essência subjacente a todos os elementos e seres
Nada o que quer que seja, existe separado de minha Divindade.
Não há qualquer poder no Cosmo que não emane de Mim e que não me pertença
O inteiro Universo está sustentado por mim como se Eu fosse o fio num colar de joias.
As gemas podem se diferenciar muito, mas a força que as mantém juntas, o fio central, Sou Eu a Divindade.
Eu sou  natureza inata de tudo
Da água pura, Eu sou o doce sabor da água pura
Do Sol e da Lua e sou a radiânçia
E no âmago dos seres humanos, vivo como virilidade e coragem
Eu sou a Sagrada palavra OM que designa o Divino e eu sou o seu som ouvido pelo Universo
Eu sou o leve e delicado perfume, a doce fragrância da terra.
Eu sou a radiânçia tanto no fogo como no sol
Eu sou a Luz da Divindade em todos os seres
Eu sou o sutil espírito nas práticas espirituais que lhes dá existência
Eu sou o amor do devoto, a simples austeridade do asceta, o doce senso de caridade num doador
Eu sou a semente primordial de todas as entidades
O poder de discriminação nos inteligentes
O esplendor em todos os seres e coisas resplandecentes
Dos fortes eu sou a força e o vigor
Como estou além de todas as ligações,
Eu sou o poder no desejo altruísta
Eu sou a força sutil nas boas ações que as harmonizam com o bem estar da humanidade
Eu sou o estímulo inato para ajudar os outros



FONTE: Excerto da palestra: Eckhart Tolee, Comentando Baghavad Gita(2)

Tradução: Paulo de Azambuja Rodrigues