TRANSLATE

VISUALIZAÇÕES DA PÁGINA

quinta-feira, 24 de abril de 2014

MEDITAÇÃO e NOSSA CRIANÇA INTERIOR 2

Retorno à Inocência

[tradução]

Não tenha medo de ser fraco
Não seja orgulhoso demais por ser forte
Basta olhar em seu coração, meu amigo
Esse será o retorno a você mesmo
O retorno à inocência


Se você quer, então comece a rir
Se você deve, então comece a chorar
Seja você mesmo não se esconda
Só acredito no destino


Não importa o que as pessoas dizem
Basta seguir o seu próprio caminho
Não desista e use a chance
Para retornar à inocência


Esse não é o começo do fim
Esse é o retorno a você mesmo
O retorno à inocência



MEDITAÇÃO e NOSSA CRIANÇA INTERIOR 1

Criança Impetuosa

[tradução]

Fecha seus olhos
Pare e escute
Senta-se vivo
E você não estará deixando escapar nada nada
Você não precisa de um motivo,
Deixe o dia prosseguir sem parar...


Deixe a chuva cair
Por todo lado ao seu redor.
Renda-se a isso agora,
Deixe o dia te cercar
Você não precisa de um motivo,
Deixe a chuva prosseguir sem parar...


Que dia, que dia para se apreciar!
Que caminho, que caminho para se percorrer!
Que dia, que dia para se apreciar,
Uma criança impetuosa

Apenas arranje tempo; longe do tumulto
Cada dia você descobre que
Tudo está em boas condições
Você não precisa de um motivo
Deixe o dia prosseguir sem parar...

A cada sol de verão,
A cada anoitecer de inverno,
A cada primavera por vir,
A cada outono que vai embora.
Você não precisa de um motivo,
Deixe isso tudo prosseguir sem parar...

Que dia, que dia para se apreciar!
Que caminho, que caminho para se percorrer!
Que dia, que dia para se apreciar,
Uma criança impetuosa...

Que dia, que dia para se apreciar!
Que caminho, que caminho para se percorrer!
Que dia, que dia para se apreciar,
Uma criança impetuosa

Que dia, que dia para se apreciar!
Que caminho, que caminho para se percorrer!
Que dia, que dia para se apreciar,
Que caminho, que caminho para se percorrer! 
Que caminho, que caminho para se percorrer!
Que dia, que dia para se apreciar,
Uma criança selvagem
Que dia, que dia para se apreciar,
Uma criança impetuosa



sábado, 19 de abril de 2014

BHAGAVAD GITÂ

À VERDADEIRA EDUCAÇÃO, FELICIDADE, CURA E AUTORREALIZAÇÃO: AS PALAVRAS E MÚSICA QUE MUDARAM MEU SENTIR, PENSAR E AGIR 

Quando esse que voz fala não mais quis ouvir o nome do Jesus Cristo e a palavra Deus, crendo ser um ateu (respeitando agora todos(as) que assim estão), e crendo ser também um contrário a esses Dois Divinos, surge então o  Bhagavad Gitâ apresentado calma, alma e consciência; em meio a pesquisa sobre sistemas de crença que eu realizara na mesma época; enquanto escrevia o livro As Centelhas d'Uma Chama - Alguns Estudantes, Pai e Mãe, Docentes e Colaboradores que sentaram para resolver suas vidas via diálogo, espiritualidade e ciência aplicada: Consciência -; título e subtítulo provisório não existente até então; apenas era uma ideia, intenção, intuição e direção a pesquisar e escrever.

Outro fator interessante e/ou belo dessa empreitada, é que ao pesquisar o Movimento Hare Krishna, por tomá-lo como fonte e base de pesquisa no que tange Hinduísmo, sentia-me "conduzido" em vários momentos, ao investigar Bhaktivedanta Swami Prabhupada; momento em que tenho contato via internet com Giridhari Das, no site http://voltaaosupremo.com/; este que deve ter percebido o "drama" do momento; apenas não sabendo, creio, dessa experiência. 

Respeitosamente..., era possível sentir Swami Prabhupada como se estivesse por perto; ao passo em que, em meio a pesquisa, vejo sua data de nascimento e despedida desse mundo.  Eram as únicas "coisas" que não tinham passado pelo crivo da pesquisa naquele momento; estava eu ocupado com as obras e ações do mesmo. Se fora providência assim transcorrer, isso já é outro assunto.

E a que tudo isso se refere?!

Trata-se de uma "viagem e passagem que todos devemos fazer/realizar", em a qual, peço encarecidamente, que não tentem dobrar ninguém a ser, pensar, sentir e agir com tu mesmo. 

Isso nada tem a ver com devoção, missão, obra. Não tente influenciar a "cabeça" de pessoas. Não tentem usar o subconsciente das pessoas prol a própria ignorância... Não atrapalhem a obra do Cristo.

Deixo aqui exatamente o vídeo e alguns trechos e texto que tanto escuto e leio quase todos os dias; do BHAGAVAD GITÂ. E quanto aos demais sistemas de crença envolvidos na pesquisa, afora ciência aplicada, falarei em breve. 

E como diz no Movimento Hare Krishna: é só Néctar.

Porque você se preocupa sem motivo?
Quem você machucou sem motivo?
Quem poderá te matar? A atma não nasce por isso não morre.
O que quer que tenha acontecido,aconteceu para o bem.
O que quer que esteja acontecendo , esta acontecendo para o bem.
O que quer que venha a acontecer, acontecerá para o bem.
Não tenha arrependimentos pelo passado
Não se preocupe com o futuro
O presente esta acontecendo ...
Quais sãos as perdas pela qual você chora ?
O que você trouxe contigo que acha que perdeu ?
O que você fez que acha que foi destruido ?
Você não trouxe nada
Tudo que você tem veio daqui
Tudo que você tem oferecido
Você tem oferecido apenas aqui
Tudo que você tem , você tem de Deus
Tudo que você tem dado , você tem dado a Ele
Você veio de mão vazias e você partirá de mãos vazias
O que é o seu hoje pertenceu ao ontem de alguém
e dia depois de amanhã pertencerá a um outro alguém.
Você erra pensando que isso é apenas seu
E essa falsa felicidade é a causa das suas tristezas
Mudança é a lei do universo

"Tudo o que vive, vive para sempre. Somente o invólucro, o que é perecível, desaparece. O espírito não tem fim. É eterno. Imortal."

A mente funciona como um inimigo para aqueles que não a controlam.

Armas não podem corta-lo, o fogo não pode queima-lo, a água não pode molha-lo, o vento jamais o levará para longe...Ele é eterno e permeia todas as coisas. Sutil, intenso, denso e sempre o mesmo.

Bhagavad Gitâ

sexta-feira, 18 de abril de 2014

RESPEITO + RECIPROCIDADE = PAZ

RESPEITO É SINÔNIMO DE PAZ PARA COM O OUTRO, POR RECONHECER NESSE A PRESENÇA DO DIVINO

Respeito é prática dos que tem consciência desperta, já iluminada ou iluminando-a constantemente; já o mérito, a quantidade de iluminação e a clareza disso é com cada qual; que assim demonstrará em seu pensar, sentir e agir o tanto de luz consciencial manifestando-se em si mesmo.

Trata-se de realidades e circunstâncias existenciais em que um reconhece o outro, compreende esse outro, a importância e pertinência da existência desse outro; como parceiros e colaboradores de um mesmo time em seu propósito: libertar-se da ignorância e sofrimento, e colaborar para com a mesma transformação em a vida do outro, consciente da liberdade de consciência, livre arbítrio, leis e etc...; conforme se percebe na imagem abaixo.

Já o pseudo respeito entre doutrinas religiosas que se vê por aí, esse nada mais é do que egoísticas diplomacias doutrinárias a manutenir a ilusão estabelecida mundialmente e a aumentar o poder forjado pela intolerância religiosa; que tanto quer eliminar ou transformar o outro em igual a si mesmo; sob a alegação de o outro não conhecer a "verdade". Portanto; da ignorância e para a ignorância.







IMAGEM/FONTE: https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10152361828597855&set=a.104438537854.92483.826842854&type=1&theater


domingo, 13 de abril de 2014

ENQUANTO O SER HUMANO NÃO EXPERIMENTAR O ONDE ELE REALMENTE ESTÁ, CONTINUARÁ PERDIDO PENSANDO ESTAR NO LOCAL CORRETO


Enquanto o ser humano não compreender por si mesmo, e por experimentação prática, que todos os seres vivos aqui desse planeta são apenas Um; enquanto hospedes em corpos que só existem graças a uma imensa conjuntura consciente e inteligente de entrelaçamento químico, biológico, magnético, atmosférico, atômico [...], possibilitando a existência daquilo que todos chamam de matéria orgânica, matas, terra, fogo, água, ferro, ouro, animais, humanos...; vivos graças à permissão e consciência, também, da própria mãe natureza, pois estão residindo nela.

Enquanto ele não perceber que essa tal conjuntura e suas partes são formadas de imensos espaços vazios; num incomensurável espaço vazio chamado de vácuo quântico; de onde, misteriosamente ou não, pode-se observar a saída de energias, via aparelhos específicos; quiçá vidas e mais vidas via outras formas de observações; etc. 

Enquanto ele não compreender que tudo isso está diretamente ligada e influenciando às instâncias mentais, emocionais e espiritual dele e do coletivo; portanto, sob efeito/regência de leis; havendo em isso consciências não humana a interferir ou operá-las direta e indiretamente. 

E que afora outras perspectivas, em meramente esse mundo e sociedade conhecidos pela mesma, representado pelos reinos animais, vegetal e mineral, mais esse modelo de sociedade atual, é o mesmo ser humano o criador do fortúnio e/ou infortúnio modelador desse caos e tenso mundo caótico; por ignorância...

Enquanto ele não compreender que amor é a própria suavidade, liberdade, leveza, fluxo, constância, ordem, inteligência, energia, que entre outras mais características, vem a ser o próprio gerador e sustentador da vida em tudo o que foi, é e será; portanto, também em as palavras ditas anteriormente aqui, ou na inteligência e entusiasmos que as levou a existirem; na intenção de querer ler; no entusiasmo de querer progredir e etc.

Enfim, nesses breves relatos, enquanto esse que se diz humano, mas pouco ou nada sabe sobre o real significado do que venha ser um humano, não compreender a vida em suas formas de manifestação, uma vez que compreensão é experimentação pela prática, então, não compreenderá nada; ficará preso em egoísmos, fundamentalismo, doutrinas, leis, idolatrias, presunções e etc., ou seja Egos. Estará sempre em sofrimento, tendo paz como algo longínquo, inalcançável... Estará sempre pidonho, ou nem isso.

E o que mais? 
Basta cavar e descobrir. Ir ao desconhecido, a outras culturas, mundos, saberes; buscando e trabalhando sobre si mesmo; por dentro; indo longe a fundo; mundo a dentro e a fora; até tornar-se estranho e distante aos que estão juntos ou próximos: é libertar-se.
Deixo aqui um filme; só compreendido por quem se lançou ou acabou encontrando-se numa jornada; respeitando desde já o mérito e conjuntura de cada jornada.

As Aventuras de Pi